7 Webdocumentários Gratuitos e Interativos E não estamos falando de ver videozinho na internet!

com os documentários para a web o público pode acessar e interagir com o conteúdo de forma nunca vista anteriormente

Seja no notebook ou no celular, a internet já é item básico à sobrevivência em mais da metade dos lares brasileiros, apontam as pesquisas. É claro que a forma como se contam histórias não pode ficar imune a essa tendência mundial! De serviços de streaming à ascensão dos Youtubers, novidade é o que não falta na web. No campo dos documentários, a popularização da internet oferece possibilidades impressionantes, como os chamados webdocumentários. Fato: obras não-ficcionais sempre tiveram mais dificuldade para serem aceitas na programação da tv aberta e nos cinemas, mas com os documentários para a web o público pode acessar e interagir com o conteúdo de forma nunca vista anteriormente. Infelizmente, o formato ainda não é muito difundido no Brasil e são raros os casos em que há opções com legendas em português. Tentamos aqui indicar alguns títulos para que os curiosos com um pouco de noção de espanhol, inglês ou francês, possam entrar nesse incrível mundo dos documentários interativos.

7 – Snow Fall

Essa reportagem interativa do The New York Times inaugurou em 2012 uma nova forma de fazer jornalismo. Em fevereiro daquele ano, 4 atletas profissionais de snowboard morreram devido a uma avalanche nas montanhas Cascade, em Washington. Adotando recursos como documentário, fotografias e gráficos, combinados ao texto do jornalista John Branch, Snow Fall conta em 6 episódios o drama vivido pelos sobreviventes e familiares das vítimas.

DESCUBRA

snow-fall

6 – Type:Rider

Com esse jogo você vai conhecer a história da tipografia através de um app disponível para computadores, tablets e smartphones. Em Type:Rider os tipos são os personagens que, ao flanar pelo ambiente virtual, revelam detalhes sobre a criação de tipografias de diferentes culturas e épocas. O desafio do jogo é negociar uma paisagem feita de letras, de textos em hieróglifo do antigo Egito às linhas em negrito da Art Déco. Além da versão virtual do jogo, que pode ser explorada no site Arte Creative ou baixada para IOS e Android, os desenvolvedores investiram também em uma versão física interativa para museus, onde objetos se confundem com projeções.

DESCUBRA 

5 – Alma – a Tale of Violence

Esse webdocumentário da TV franco-alemã Arte definitivamente não é recomendado para pessoas muito sensíveis. Alma é uma mulher que entrou em uma das mais perigosas gangues da Guatemala e que, na frente das câmeras, dá um depoimento sobre a sua vida de crimes. Certamente um tema pesado e denso que, não por acaso, faz parte de um projeto crossmidiático que inclui um programa televisivo, uma exposição de fotos e dois livros.

DESCUBRA 

4 – Los Pregoneros de Medellin

Uma viagem sonora pelas ruas da cidade colombiana de Medellin, onde encontramos vendedores ambulantes que cantam o dia inteiro para atrair a freguesia. As músicas são únicas e através delas se pode reconhecer, mesmo no ambiente caótica da metrópole, qual produto e vendedor está se aproximando. O webdocumentário nos permite navegar pela cidade em busca dos ambulantes. Assim que encontramos umx delxs, é possível descobrir mais sobre a vida dx vendedorx através de vídeos.

DESCUBRA

3 – A Short History of the Highrises

Coordenado pela diretora Katerina Cizek, o webdocumentário conta a história e aborda o imaginário dos arranha-céus da Torre de Babel, há 2.000 anos atrás, até hoje. O projeto é uma parceria entre o arquivo de fotos do The New York Times e o National Film Board do Canadá (NFB) e faz parte do projeto transmidiático Highrise de Cizek, dedicado as múltiplas perspectivas da vida em arranha-céus.

DESCUBRA

2 – Do not Track

Assistir a esse documentário interativo sem ficar preocupado com a própria segurança na rede é impossível! Do not Track se utiliza de cookies para oferecer conteúdo personalizado aos espectadores. O documentário, dividido em 7 episódios, discute como as mesmas ferramentas utilizadas por desenvolvedores para estabelecer perfis de consumo pode também servir ao monitoramento da vida privada dos usuários. Com base nas informações do Facebook e dados fornecidos pelos próprios espectadores, é realizada uma análise da personalidade do seu perfil na internet.

DESCUBRA

1 – Fort McMoney

O documentário interativo de David Dufresne é um dos mais aclamados no novo campo dos webdocumentários por utilizar a linguagem dos games para contar sua história. Fort McMurray, local onde se passa o filme, é uma cidade no Canadá atingida por crescimento desordenado e crise ecológica devido ao boom da indústria petrolífera. Inspirado no jogo SimCity, Fort McMoney convida o espectador a tomar decisões que podem afetar o futuro da cidade.

DESCUBRA

 

Deixe uma resposta